.

Telefone/WhatsApp: (67) 99134-9411 ou (67) 99902-8700

Como fazer um roteiro de vídeo?


Já imaginou construir um prédio sem um projeto de engenharia? E um produto industrial sem o desenho técnico? Já pensou como seria uma empresa de logística sem planejamento de rotas? Um vídeo sem roteiro não é muito diferente.
Vídeos corporativos, por entregarem a mensagem da empresa com qualidade e em poucos minutos, acabam ficando por um bom tempo na memória de quem assiste a eles, gerando um ótimo custo-benefício. Mas nada é bem feito sem o devido planejamento.
Neste artigo vamos mostrar tudo o que você precisa saber sobre o roteiro de vídeo institucional para obter os melhores resultados junto à sua produtora de vídeos.

Começando pelo briefing

A primeira etapa de qualquer produção audiovisual é o briefing – ocasião em que o cliente expressa o que deseja ou pretende com o produto final. Esta é de longe a maior contribuição que você, ao contratar uma produtora de vídeos, dá ao projeto. Pense que você, cliente, é o único capaz de dizer que tipo de resultado é esperado para o projeto valer a pena, e por que pensou em investir em um vídeo institucional.

Esta etapa fica fácil de entender se você pensar em termos de um problema ou processo que precisa ser resolvido ou otimizado. Identifique esse problema ou processo e imagine o que você quer que aconteça com ele. O profissional de atendimento, por sua vez vai mostrar um formato adequado, que irão trazer o seu resultado com um bom nível de certeza, e partindo de um custo compatível, ou seja, um potencial de lucro muito maior do que o custo de produção. Neste momento, vale a qualidade do profissional que faz o atendimento não só em termos conteúdo audiovisual como em experiência em negócios. Como cliente, não aceite nada menos do que uma verdadeira consultoria em marketing, antes de decidir qualquer coisa.

Encarando a página quase em branco

Após o briefing, chega o momento de efetivamente escrever e criar o roteiro. Ao começar o trabalho, o roteirista não estará realmente diante de uma página em branco, já que, por causa do briefing, ele já terá em mãos o propósito do vídeo corporativo. Informações sobre seu público-alvo e sobre que tipo de conteúdo não podem ficar de fora.
Seu objetivo agora é definir qual é o melhor ângulo da mensagem, em quanto tempo, qual é a melhor linguagem, as palavras que funcionam melhor, ou seja, fazer o roteiro de forma estrategica

Achando a mensagem central
Em seguida, o esforço é localizar a mensagem principal, o que deve permanecer na mente da audiência depois de assistir ao vídeo institucional — pode ser um slogan, um conceito, um valor intrínseco da empresa, uma ação que deve ser tomada, e assim em diante.
Quase sempre o roteirista procura encontrar a simplicidade na mensagem, a parte fácil, ou de que maneira poderá tornar a mensagem simples e fácil, por assim dizer.

Engajando a audiência
Nós, seres humanos, aprendemos mais — e prestamos mais atenção — quando estamos curiosos em relação a um assunto, ou quando estamos deslumbrados, ou quando sentimos prazer, entre outras muitas emoções possíveis.
Cabe ao roteirista bolar formas de fazer um vídeo criativo e com o tom certo para atiçar a audiência nesse sentido.

Criando o Call to Action
A ideia principal deve ficar bem clara logo nos primeiros 30 segundos do vídeo, enquanto o chamado Call to Action (CTA), a chamada para ação, quase sempre aparece no fim. Não são todos os projetos que possuem uma chamada para ação, sendo que seu uso é associado à existência de objetivos específicos ao projeto, como compartilhar, fechar um negócio, perguntar a um consultor mais informações, tomar uma atitude em relação ao meio ambiente, coisas assim. Tem a ver com qual ação ou atitude específica seria ideal para a audiência tomar logo após assistir ao vídeo corporativo

Apresentando para aprovação
O roteirista ou profissional de atendimento retorna o roteiro ao cliente para que ele aprove definitivamente o texto e as imagens previstas. Este é o segundo momento mais importante em que você, como cliente, deve contribuir, pois no briefing definiu os objetivos e concordou com as linhas gerais do formato, enquanto agora está diante do projeto do vídeo pronto.
A próxima etapa já será… mãos à massa! Assunto para outras postagens.

COMO FAZER UM VIDEO INSTITUCIONAL
Com a popularização dos smartphones e dos demais dispositivos móveis, consome-se, cada vez mais, conteúdo audiovisual em vez de textos. E as pessoas cada vez mais esperam conteúdo em vídeo nos diversos momentos da vida. Assim, os vídeos institucionais têm se tornado extremamente importantes para qualquer negócio. Basta ver que atualmente todos os grandes cases de sucesso de marketing da era da internet envolvem vídeos — e há uma razão para isso acontecer. Vídeos entregam mensagens de forma consistente, didática e ao mesmo tempo emotiva, uma forma poderosa de atingir qualquer audiência. Quer saber então como fazer vídeo institucional? Confira nosso post e aprenda já:

Passo 1: avaliação e proposta
Nesse estágio, cliente e produtora de vídeo se encontram e discutem necessidades, demandas, público-alvo e, principalmente, o objetivo do projeto. Será parecido com um comercial de TV, contando uma história? Irá abordar a empresa ou algum valor defendido por essa empresa? O foco do vídeo está em vendas, cliques, assinaturas, e-mails?
Esta etapa é o pontapé inicial ao fazer o vídeo institucional, daí todos outros passos irão se desdobrar. Este também é o momento em que o cliente dá sua maior contribuição, pois só ele poderá avaliar se os objetivos são os ideais dentro do seu modelo de negócios.

Passo 2: pré-produção
Um dos elementos mais importantes dessa etapa está na busca de referências. Com que outros vídeos esse vídeo institucional vai se parecer? Será um vídeo com imagens bonitas e narração? Ou um vídeo curto com atores e diálogos? Há empresas do mesmo segmento, talvez de outros outros países, que podem servir de inspiração? Será um vídeo institucional com cara de vídeo educativo? Há algum ponto que pode ser melhor explicado.
São muitos caminhos possíveis. O passo 2 começa com esse processo de criação, conhecido como brainstorming, e termina com a redação do roteiro do vídeo institucional. Se quiser entender melhor o processo de produção de roteiros

Passo 3: produção
Chegou o momento de pôr a mão na massa. Se o vídeo envolve gravações de cenas, será a hora de levar as câmeras para as locações e produzir as imagens pretendidas. Se envolve animações 2D ou 3D, a labuta fica com os profissionais e seus computadores, que desenharão os gráficos e as imagens. Qualquer narração ou dublagem do vídeo institucional também é feita aqui. Neste momento há pouco envolvimento do cliente, pois tudo foi definido nas etapas anteriores e a produtora de vídeo deve produzir o material da melhor forma possível.
Da parte do cliente, nunca é demais lembrar em escolher uma boa produtora

Passo 4: pós-produção
Este é o momento quando o vídeo realmente toma forma. A edição se encarrega de escolher as melhores cenas e montá-las na ordem correta. Nasce a trilha sonora, o som é masterizado, os efeitos visuais e os letterings são adicionados. Os editores assistem ao vídeo várias vezes e fazem ajustes, até que todos os elementos visuais estejam soando naturais e orgânicos, de forma que o espectador final tenha sua atenção na história.

Passo 5: entregando para audiência
Finalizado o vídeo institucional, é hora de mostrá-lo ao público. Ele pode ser carregado na página da empresa, ir para o YouTube, ser exibido na televisão, ser exibido apenas em apresentações, congresso ou reuniões, e muitas outras. Essa entrega já foi, provavelmente, definida no primeiro passo, juntamente com a especificação do objetivo e do público-alvo do vídeo. Fique atento, pois há diversas formas de divulgar um videoa.

Passo final: medindo resultados
O que é sucesso? Você só vai saber se definir e medir os resultados das ações de marketing. Procure isolar as diversas ações realizadas, definir objetivos e medir qual é o impacto do vídeo institucional nesses objetivos. Dessa forma você consegue não só ter segurança quanto aos seus resultados presentes como poderá subsidiar decisões de investimentos futuros.



Principais perguntas frequentes:




Contato

Campo Grande - MS

Email: contato@noarfilmes.com.br
(67) 99134-9411
(67) 99902-8700
(67) 3301-9444


Cuiabá - MT

E-mail: noargrupomt@gmail.com
(65) 98121-8121

Vale do Paraíba - SP

E-mail: noargrupovalesp@gmail.com
(12) 98144 5933